sexta-feira, 23 de outubro de 2009

I want to ride my bicycle...


Sabe o Dia Mundial sem Carro? Pois bem, resolví aderir: desde o dia 12out2009 tenho ido e voltado do trabalho, todos os dias, de bicicleta. Não é igual a essa aí da foto, mas é bem bacana. Com ela já pedalei de La Paz a Coroico e de Corioco à Caranave, aventura radical pelas estradas do interior dos yungas bolivianos. Mas isso foi há 5 anos atrás...

O fato é que, desde que assumí à presidência da Fundação Elias Mansour, em março de 2007, tenho negligenciado a prática de esportes. E até que eu já fui bastante assíduo nisso: na época de colégio, jogava basquete no time da escola e, nos tempos de UFAC, cheguei a participar de três edições dos Jogos Universitários Brasileiros, os famosos JUB's, em algumas provas de atletismo. Em verdade, nunca fui lá muito talentoso, minhas marcas pessoais chegavam a ser medíocres. Mas os treinos eram muito bacanas, a convivência com a galera do atletismo idem. Fiz muitos bons amigos nos ambientes de prática esportiva.

Nesses últimos dois anos tentei retomar a prática cotidiana de esportes de diversas formas e em momentos igualmente diversos: tentei o Pilates, a Yoga, mas sempre com problemas de horário.

A última alternativa foi experimentar algo que já havia cogitado há uns tempos, mas que a temperatura média da nossa cidade me desencorajava. O fato é que está valendo muito a pena. E uniu o útil ao agradável: aumento a minha capacidade aeróbica ao mesmo tempo em que reduzo a minha cota pessoal de emissão de CO2 na atmosfera, sem problema de horários.

E o Queen continua sendo a minha banda favorita de todos os tempos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário