sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Educação com a Frente Popular do Acre: prioridade absoluta!

São inúmeros os avanços na Educação no período recente que corresponde aos 16 anos de governo da Frente Popular do Acre. Desde a ampliação do acesso, passando pela melhoria dos indicadores de permanência e aprovação, até chegar à melhoria dos indicadores de aprendizagem dos alunos, conforme nos noticiaram os resultados da última edição do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o IDEB 2013.

No 3º ano do Ensino Médio, mantivemos o resultado da avaliação anterior, do ano de 2011, com a nota de 3,3 pontos. No 5º ano do Ensino Fundamental, fomos o Estado que mais cresceu sua nota, subindo de 4,7 pontos em 2011 para 5,2 pontos em 2013. E, no 9º ano do Ensino Fundamental, o Acre ficou em primeiro lugar da região Norte e em 3º lugar do país, com a nota de 4,4 pontos (subiu de 4,2 pontos em 2011 para 4,4 pontos em 2013).

Na educação profissional, mais de 40.000 mil acreanos já puderam ter acesso a qualificação, por intermédio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, o PRONATEC, preparando-se para o primeiro emprego no mercado de trabalho.

Graças a ampliação de vagas na nossa Universidade Federal do Acre (UFAC), à criação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFAC) e ao funcionamento de programas como o PROUNI e o FIES, nosso Estado já detém a segunda melhor oferta de vagas de nível superior por habitantes do Brasil. São 26,9 vagas para cada 10.000 habitantes. São Paulo, por exemplo, tem uma oferta de menos de 2 vagas para cada 10.000 habitantes.

Nesse período dos governos de Dilma Rousseff e Tião Viana, executamos mais de 397 obras, entre reformas, ampliações e construções de novas escolas, com destaque para 72 novas escolas indígenas. Reduzimos a taxa de analfabetismo para abaixo de 14% da população acima de 15 anos e atingimos número record de matrículas em 2013.

Nesse mesmo período, o Acre adquiriu, com apoio do Governo Federal, uma frota de 92 novos ônibus escolares, que hoje transportam alunos na zona urbana e da zona rural.

A alimentação escolar também recebeu uma atenção especial: mais de 30% de tudo que é consumido na merenda das escolas são produtos regionais adquiridos diretamente dos produtores rurais da agricultura familiar.

Criamos o Centro de Estudo de Línguas e o Instituto de Matemática, Ciências e Filosofia, que já atendem milhares de jovens.

Alunos e professores do ensino médio receberam uma ferramenta importante para o aprendizado: tablets e netbooks.

Avançamos bastante, também, no que diz respeito à valorização e desenvolvimento profissional, com aumento salarial para professores temporários; progressões funcionais e reenquadramento de servidores aposentados ou em vias de aposentadoria, com ganhos salariais importantes; ampliação do Prêmio de Valorização pelo Desempenho Profissional (VDP) para todos os servidores, docentes e não-docentes, a partir de 2015; e a realização do maior concurso público da história do acre, com 2.599 vagas entre professores e servidores não-docentes.

Isso é um resumo do nosso compromisso com a Educação. No segundo mandato do Tião, podemos avançar muito mais.

Por isso, eu peço o seu voto:

#SegundoTurno #ÉTião13 #ÉDilma13 #BoasMudanças #AcreQueQueremos#BrasilQueQueremos

Nenhum comentário:

Postar um comentário