quinta-feira, 30 de abril de 2015

Daniel Zen destaca construção de moderno Centro Administrativo no Acre


A Assembleia Legislativa aprovou na sessão desta terça-feira, 28, Projeto de Lei que “desafeta imóvel de propriedade do Estado do Acre e autoriza sua alienação pelo Poder Executivo”. A intenção com a venda do terreno é permitir a construção do novo centro administrativo que condensará quase todos os segmentos da administração pública do Estado em um único local.

“É uma construção sob encomenda para locação, haverá todo o processo licitatório para a escolha da empresa responsável. Ainda que o valor de locação desse novo prédio seja igual ou mesmo superior ao valor pago atualmente nos prédios já alugados, esse empreendimento vai condensar quase todos os segmentos da administração pública em um novo e único local, economizando com transporte, segurança, logística, limpeza, adequações e em vários outros pontos. Neste tipo de contrato os custos de manutenção estão embutidos no valor do aluguel, o que representa economia para os cofres públicos em comparação ao aluguel tradicional”. Destacou o deputado estadual relator do projeto Daniel Zen.

Atualmente, no terreno onde será construído o Centro Administrativo funciona o Centro Integrado de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública (CIEPS). Com os recursos provenientes da venda do imóvel será construído um novo CIEPS com instalações modernas, academia para formação de novos oficiais e dotado dos mais avançados equipamentos na área de segurança pública.

“O Governo quer e precisa construir o Centro Administrativo para concentrar os prédios públicos em uma única região, mas não dispõe de recursos para isso e não há linhas de crédito nos Ministérios para esse tipo de empreendimento. A solução é aderir a um modelo de construção sob encomenda para locação, chamado de “built to suit”. É um modelo largamente utilizado em vários países e vários estados brasileiros, incluindo órgãos federais e bancos estatais”. Disse Zen.

Um exemplo deste tipo de iniciativa é a obra do Call Center, um grande investimento que já gera milhares de oportunidades para a juventude em uma ação sem precedentes na amazônia ocidental.

A medida visa também as vantagens indiretas da transferência do Centro Administrativo para a região adequada e indicada no Plano Diretor da cidade de Rio Branco, como a grande redução de problemas de trânsito e estacionamento no centro histórico da cidade e a proximidade de outros orgãos já instalados, como Justiça Federal, Tribunal de Justiça, Polícia Federal, TRE, MPF, OAB dentre outros.


“O Acre vai viabilizar um grande e exemplar centro administrativo, nos termos das melhores experiências mundiais, assim como os que já existem em grandes Estados como São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal”, finalizou Daniel Zen. 

Via asssessoria

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Informativo do Deputado Daniel Zen - Primeira Edição


 (Clique nas imagens para ampliar)




Ampliação dos serviços de Equoterapia para as criançasatendidas pelo Dom Bosco




Apresentamos, na sessão de ontem (22), indicação solicitando que o Governo do Acre, através da Secretaria de Estado de Educação e Esporte, firme um termo de cooperação técnica junto à Associação dos Simpatizantes e Praticantes de Equoterapia do Acre (ASPEAC) para ofertar gratuitamente o serviço de Equoterapia para crianças deficientes ou com necessidades especiais atendidas pelo serviço de fisioterapia e reabilitação do Núcleo Pedagógico Dom Bosco.
A Equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo em uma abordagem multidisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação. É um tratamento que colabora no desenvolvimento de novas habilidades, formas de comunicação, socialização, confiança em si mesmo e auto-estima.
A parceria é de extrema importância para a ASPEAC, já que os altos custos terapêuticos e a ausência de condições financeiras dos pais para custear os tratamentos impedem a ampliação da oferta do serviço.
A ASPEAC, localizada na AC-40 km11, é uma entidade sem fins lucrativos que promove terapias para crianças com deficiência e autismo. A Associação é presidida pela Shirlei Lessa e também faz o acompanhamento familiar e escolar das crianças, estimulando suas potencialidades, respeitando seus limites e visando seu pleno desenvolvimento.
Atualmente a Aspeac atende 15 crianças que frequentam assiduamente as atividades, com a expansão do serviço em parceria com o poder público a capacidade pode aumentar para até 200 crianças.
A Indicação que apresentamos já foi encaminhada pela mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) para o Governo do Estado.
Parabéns a Associação dos Simpatizantes e Praticantes de Equoterapia do Acre pelo belíssimo trabalho.
>>>> Continuamos na Luta.